Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, BELO HORIZONTE, Mulher, Arte e cultura, Poesia!



Histórico
 26/10/2008 a 01/11/2008
 18/05/2008 a 24/05/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 10/12/2006 a 16/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 06/08/2006 a 12/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 23/07/2006 a 29/07/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 05/06/2005 a 11/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 22/05/2005 a 28/05/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 08/05/2005 a 14/05/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 17/04/2005 a 23/04/2005
 10/04/2005 a 16/04/2005
 03/04/2005 a 09/04/2005
 27/03/2005 a 02/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 27/02/2005 a 05/03/2005
 20/02/2005 a 26/02/2005
 13/02/2005 a 19/02/2005
 23/01/2005 a 29/01/2005
 16/01/2005 a 22/01/2005
 09/01/2005 a 15/01/2005
 02/01/2005 a 08/01/2005
 26/12/2004 a 01/01/2005
 19/12/2004 a 25/12/2004
 12/12/2004 a 18/12/2004
 05/12/2004 a 11/12/2004
 28/11/2004 a 04/12/2004
 21/11/2004 a 27/11/2004
 14/11/2004 a 20/11/2004
 07/11/2004 a 13/11/2004
 31/10/2004 a 06/11/2004
 24/10/2004 a 30/10/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004
 03/10/2004 a 09/10/2004
 26/09/2004 a 02/10/2004
 19/09/2004 a 25/09/2004
 12/09/2004 a 18/09/2004
 05/09/2004 a 11/09/2004
 29/08/2004 a 04/09/2004
 22/08/2004 a 28/08/2004
 15/08/2004 a 21/08/2004
 08/08/2004 a 14/08/2004
 01/08/2004 a 07/08/2004
 25/07/2004 a 31/07/2004
 18/07/2004 a 24/07/2004
 11/07/2004 a 17/07/2004
 04/07/2004 a 10/07/2004
 27/06/2004 a 03/07/2004
 20/06/2004 a 26/06/2004
 13/06/2004 a 19/06/2004
 06/06/2004 a 12/06/2004


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Canvas Galeria de Arte (você me encontra lá)
 Arquitetura, Interiores, Design (aqui vc me encontra também)
 A arte de Beth Almeida (essa sou eu)
 1000 Imagens
 allposters
 stock photos
 Aluisio Martins
 Ademir Bacca
 Adelaide Amorim
 Antonio Mariano
 André Ricardo Aguiar
 AbstractoConcreto (TCA)
 Antoniel Campos
 Alexandre Montenegro
 Ademir Assunção
 Anielle
 Jayme Barbarisi (arte pura)
 As cartas de Elise
 A arte de Luis Palma
 Bosco Sobreira
 Beatriz Galvão
 Baby Lónia
 Bené
 Claudio Carlos
 Claudio Eugênio
 Chacal
 Carlos Besen
 Correndo atrás do vento
 Concretismo (Fantastic!)
 Diovvani
 Diana-Dru
 Dona Estulticia
 Dora Vilela
 Dira Vieira (Voando pelo céu da boca)
 Digressiva Maria
 Ernesto
 Fal
 Fernanda D'Umbra
 Fabrício Carpinejar
 Flávio Machado
 Guiu
 Isabella Benicio
 Isabel Magalhães
 Ivana Leite
 JotaEffe
 Jeanete Ruaro
 Leila Lopes
 Lucinha Horta
 Lela
 Leiloca - fotoblog
 Linaldo Guedes
 Letras ao Acaso
 Luiz Alberto Machado
 Lau Siqueira
 Marconi Leal
 Márcia do Valle
  Márcio Hachmann
 Moacir Caetano
 Márcia Maia
 Márcio Scheel 2
 Marcelo Montenegro
 Márcio Scheel
 Moacy - Balaio Vermelho
 Márcia (Lendo e Sonhando)
 Manoel Carlos
 Mariza Lourenço
 Mirian
 Neusa
 Nora Borges
 Pretensões (de Cristiane)
 Patrício
 Quem tem medo de Baby Jane?
 Ricardo Wagner
 Saucius (?)
 Sidnei Schneider
 Valéria 2 (Sou o que sinto)
 Valéria (Pensar é um ato)
 Valéria Tarelho
 Xico Sá
 Weder Soares
 Zé do café
 Artes (com) Trastes e Traquinagens


 
Ponto Gê
 

 

elos de vida

 

Sou dessas que coleciona sândalos, caixinhas de bens guardados, uma pétala por testemunha, aquele cordão umbilical e sementes de papoulas. Sou mulher de sentar ao pé da escada e contar histórias com finais felizes. Busco grandes amizades debaixo da minha cama que é onde caem os farelos da  vida que se viveu sobre a cama. Não tenho um único grande e eterno amor que depois de findo, não tenha deixado rastros e vínculos cheios de adornos, vestidos a caráter, em grande gala: coisa de gente grande. E eu sorrio recolhendo pérolas com as quais faço meu rosário.  Não precisei fazer grandes esforços para obter as glórias do amor passado, findo, ou presente, porque sempre amei o amor, polindo-o com boas maneiras para que não perdesse o viço. Hoje, de tão viçoso, o amor apóia o cotovelo sobre a mesa e passa horas a me escutar, e ri comigo, e me oferece algodão doce na intenção de me melar.  São pequenos mimos que vou espalhando, em elos de vida, pela casa.  É uma casa tão cheia de janelas, portas e cantos que às vezes o amor brinca de esconde-esconde e me assusta por baixo dos lençóis. Eu sorrio e coloco o relógio para despertar porque o amor não pode adormecer , nem tão pouco amadurecer. E assim ficamos tão íntimos e afins, que eu o como de dia, ele me come de noite, até que a morte nos una em outras estações que haverão de vir, porque é de agora, é de sempre e é de antes.



 Escrito por Geórgia às 23h43 [ ] [ envie esta mensagem ]



Diário de Viagem - I

 

Pra sempre

meu amor, não interrompa

o cheiro da mirra que se mistura ao sândalo

porque já nem sei

quando mais lhe prometo:

se no silêncio do Mosteiro de São Bento

se nos arrulhos dos nossos lençois

 

 



 Escrito por Geórgia às 00h03 [ ] [ envie esta mensagem ]